JOSÉ EUGÊNIO DE FREITAS LUNGUINHO73699942449 - CNPJ/MF Nº 33.846.695/0001-86

domingo, 23 de novembro de 2014

Vacina dTpa para gestantes fica disponível a partir de segunda


Para beneficiar a gestante, prevenindo o adoecimento por difteria, tétano e coqueluche, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) Natal, por meio do Setor da Vigilância Epidemiológica (SVS) e Núcleo de Agravos Imunopreveníveis (NAI), inicia nesta segunda-feira (24), a introdução da vacina dTpa no calendário vacinal da gestante nas unidades de saúde da rede municipal.

A vacina é indicada para as gestantes entre a 27a e a 36a semana de gestação, preferencialmente, podendo ser administrada até 20 dias antes da data provável do parto.  A vacina também é indicada para os profissionais de saúde: médico anestesista, ginecologista, neonatologista, obstetra, pediatra, enfermeiro e técnico de enfermagem que atendam nas maternidades e UTIs neonatais para proteção dos recém-nascidos.

Doenças
A difteria é uma doença infecciosa respiratória aguda grave podendo incidir em qualquer faixa etária. É transmitida pelo contato direto com pessoas doentes ou portadores por intermédio da aspiração de secreções ou objetos contaminados por estas secreções.

O tétano é uma doença infecciosa aguda não contagiosa causada pela fixação no sistema nervoso de exotoxinas segregadas pelas formas vegetativas pelo Clostridium tetani, distribuindo-se difusamente na terra, água, poeira, bem como na superfície de animais, vegetais e objetos inanimados.

A coqueluche é uma doença infecciosa aguda de alta transmissibilidade, e uma importante causa de morbimortalidade infantil. É causada pelas bactérias Bordetella pertussis e B. parapertussis. O homem é o único reservatório natural e ainda não foi demonstrada a existência de portadores crônicos. Não existe uma distribuição geográfica preferencial, nem característica individual que predisponha à doença, a não ser presença ou ausência de imunidade específica.