sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Governo federal confirma mais um leilão de campos de petróleo no RN

O Ministério de Minas e Energia confirmou, nesta quinta-feira, 22, a realização de um novo leilão, em 10 de setembro, no qual serão oferecidas 263 áreas de exploração de petróleo e gás em terra. No certame, serão contemplados blocos exploratórios nos Estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe, além do norte do Espírito Santo.  Os campos potiguares que serão oferecidos às empresas privadas não foram detalhados pelo Ministério.
A confirmação da venda dos poços de petróleo e gás, a terceira nos últimos doze meses, ocorreu durante o lançamento do Programa de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Terra (Reate 2020), pelo ministro Bento Albuquerque. A iniciativa, segundo discursou, proporcionará o desenvolvimento regional e o aumento da produção de óleo e gás em terra, com perspectiva de dobrar a atual produção de gás natural, passando dos atuais 25 milhões de metros cúbicos por dia para mais de 50 milhões.
“A partir do leilão, a perspectiva é de duplicação da produção de gás em 10 anos, com o gás crescendo em um ritmo maior que o do petróleo”, disse Bento Albuquerque. Além disso, ele ressaltou que até 2030 a produção, no mínimo, dobrará, saindo de 270 mil para 500 mil barris diários de óleo equivalentes.  Novos investimentos também foram anunciados durante o lançamento do Reate 2020.
TRIBUNA DO NORTE