JOSÉ EUGÊNIO DE FREITAS LUNGUINHO73699942449 - CNPJ/MF Nº 33.846.695/0001-86

quinta-feira, 8 de agosto de 2019

Internacional vence o Cruzeiro e larga em vantagem nas semis da Copa do Brasil


Da CBF

A vantagem é colorada nas semifinais da Copa do Brasil! Na noite desta quarta-feira (7), o Internacional visitou o Cruzeiro, no Mineirão, e vai voltar para Porto Alegre com uma vitória por 1 a 0 na bagagem. O segundo e derradeiro confronto entre gaúchos e mineiros será no dia 4 de setembro, no Beira-Rio.
O jogo
Jogando em casa, o Cruzeiro tentou ter o controle do jogo durante o primeiro tempo. Mesmo com mais posse de bola, a Raposa não conseguiu encontrar os espaços no ataque esbarrando tanto na boa marcação colorada quanto na falta de pontaria.
Enquanto o Inter, além de se defender bem, teve a melhor a chance da etapa inicial. Já na marca dos 42, Guerrero tocou para Uendel, que cruzou na área para a chegada de Edenílson, mas antes do camisa 8 finalizar Dodô apareceu na hora exata para afastar o perigo.
O duelo ganhou em movimentação depois do intervalo. Querendo a vitória como mandante, o Cruzeiro foi para cima e assustou logo no primeiro minuto. Thiago Neves recebeu o passe dentro da grande área e finalizou para fora. Na sequência, foi a vez de Sassá criar boa oportunidade para a Raposa, mas Cuesta salvou o Inter. O time da casa continuou no ataque e, aos 13, Orejuela arriscou da intermediária e viu Marcelo Lomba cair para fazer a defesa.
Aos poucos, o jogo mudou de cenário e o Inter passou dominar as ações. Aos 25, Edenílson deu belo passe de calcanhar para Wellington Silva, que bateu firme para grande defesa de Fábio. A pressão gaúcha no ataque não deu trégua e o arqueiro cruzeirense fez novo milagre, no minuto seguinte, após finalização de Guerrero dentro da pequena área.
Aos 30 minutos, o Internacional chegou e não desperdiçou. Guerrero cobrou falta buscando o ângulo, Fábio brilhou mais uma vez, mas no rebote Edenílson empurrou para o fundo das redes: 1 a 0. Com a vantagem no marcador, o Colorado se fechou bem e soube segurar o resultado até o apito final.