sábado, 7 de setembro de 2019

Pilões volta a ter abastecimento pela Caern e governadora anuncia construção de adutoras

Fotos: Demis Roussos


Havia sete anos ou mais, exatamente o período da seca, que a dona de casa aposentada Francisca Rita de Lima, 67, passava a maior dificuldade para cumprir as essenciais tarefas do lar, como fazer a comida, lavar louça e roupas. Hoje, ela e toda a população de Pilões, município situado no Alto Oeste potiguar,
comemora a volta do abastecimento regular realizado pela CAERN (Companhia de Água e Esgoto do RN). "Era um sufoco lavar tudo com bacias. Quando a água que a gente recebia acabava, era preciso comprar, e essa despesa pesava no orçamento", disse.  Cada pipa de mil litros era reposta em média a cada 15 dias, à base de muita economia, ao custo de R$ 20 a 25.

Nesta sexta-feira (06), a governadora Fátima Bezerra e o presidente da CAERN Roberto Linhares estiveram na cidade de Pilões para registrar oficialmente a volta do abastecimento de água ao município, após longo período de estiagem. Enquanto o abastecimento não havia sido regularizado, a população era abastecida por caminhões-pipas, em operações realizadas pelas Defesa Civil, estadual e municipal, e também através de ações do Exército Brasileiro.

Para a água finalmente chegar ao município, foi realizada uma ação integrada entre gestões municipais e estadual, para a qual foram investidos cerca de R$ 2 milhões para transpor a água da adutora mais próxima, situada no município de Marcelino Vieira. Na solenidade desta manhã, foi reforçado o anúncio do programa Águas do RN que, entre outras regiões a serem beneficiadas, vai universalizar o abastecimento de água para os 34 municípios do Alto Oeste, incluindo as cidades de São Miguel e Paraná, que ainda estão em colapso.

O programa contempla a construção de duas novas adutoras, que totalizarão 150 km de extensão, interligando as cidades de Apodi a Venha Ver. O investimento será de R$ 143 milhões de reais, viabilizado através de parcerias público privadas. "Nosso governo tem o compromisso com a defesa dos interesses da população. Nós viemos aqui para trazer vida e dignidade ao povo de Pilões, porque água é sinônimo de dignidade. Depois de anos de sofrimento, Pilões hoje está de parabéns", discursou. Ela acrescentou que o investimento de pouco mais de R$ 2 milhões de reais não foi nenhum favor, mas se trata de um direito que a população tem. "O prefeito e a população estão de parabéns por pressionar o governo", disse.

O professor Bernardino Francisco, da rede municipal de ensino, representou a comunidade e demonstrou sua gratidão por participar do evento e falar em nome do povo. "A gente agradece a transposição das águas para Pilões, a população está muito satisfeita", declarou. O prefeito Sabino Neto relatou as inúmeras vezes, sem obter sucesso, em que foi à CAERN e à governadoria para solicitar a regularização do abastecimento, até que nesta gestão o pleito de sua comunidade foi atendido. "Eu tenho a liberdade de tratar o presidente da Caern, Roberto, como meu amigo, porque desde o primeiro contato que eu fiz ele me assegurou que iria resolver a falta de água do nosso município e hoje estamos aqui para registrar esse momento tão importante para todos nós", afirmou.

Roberto Linhares ressaltou que não podia deixar de reconhecer o trabalho da companhia junto ao município de Pilões. "Tínhamos seis municípios em colapso e ainda temos duas cidades, que são Paraná e São Miguel. Mas, com a construção das novas adutoras, o programa Águas do RN vai possibilitar a universalização nos 34 municípios do Alto Oeste potiguar, que é a região mais castigada do Rio Grande do Norte", explicou.

O ex-prefeito de Pilões, Chagas Oliveira, destacou que além da falta de água, o município também estava sem a presença governamental. "Aqui faltava também algum governante para vir trazer o olhar para nossa população e fazer algo para mudar a triste realidade que sofremos com a seca", disparou.

A solenidade contou com a presença do senador Jean Paul Prates, do deputado estadual Raimundo Fernandes, do secretário de estado Aldemir Freire (Planejamento e Finanças), do presidente da Fapern, Gilton Sampaio, dos servidores da Defesa Civil Alexandre Ribeiro e Dalchen Viana (estadual) e Hélio Paiva Damasceno (municipal), do servidor da CAERN, Francisco Dias, do Escritório de Marcelino Vieira, e do servidor público estadual Freitas Júnior, que representou as lideranças políticas de Pilões.

  


Assecom-RN
BLOG EUGÊNIO FREITAS