Brasil fecha fronteiras aéreas para todas as nacionalidades

Portaria é assinada pelos ministros Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública), Tarcísio Gomes (Infraestrutura) e Luiz Henrique Mandetta (Saúde)

Brasil fecha fronteiras aéreas para todas as nacionalidades
Não haverá nenhuma restrição ao transporte de cargas Rodrigo Urzagasti Reuters - 6.2.2020

Os ministros da Casa Civil, Braga Netto; da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro; da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, e da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, editaram nova portaria, nesta sexta-feira (27), restringindo, por 30 dias, a entrada de estrangeiros de todas as nacionalidades no Brasil em razão do coronavírus. Não haverá nenhuma restrição ao transporte de cargas.

O governo Federal já havia proibido, na semana passada, a entrada de estrangeiros de países com maior risco de contágio, mas resolveu ampliar o fechamento aéreo para todas as nacionalidades.

“Como houve uma disseminação do coronavírus por vários outros países, nós entendemos por bem tomar essa iniciativa ”, disse o ministro Sergio Moro.

A portaria prevê exceções e a restrição não vale para brasileiros, imigrantes que moram no Brasil, estrangeiros em missão de organismos internacionais e parentes diretos de brasileiros.

 

ESTADÃO