Chefe de quadrilha envolvida em disputa que provocou 121 mortes em dois anos é preso, diz polícia

Segundo a Polícia Civil, homem fugiu depois de ser resgatado por bandidos ao sair de audiência de custódia, em 2018, no Grande Recife.

Chefe de quadrilha envolvida em disputa que provocou 121 mortes em dois anos é preso, diz polícia
Centro de Observação e Triagem Everardo Luna (Cotel) fica em Abreu e Lima, no Grande Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

A Polícia Civil anunciou a prisão de um homem considerado um dos criminosos mais procurados de Pernambuco e que fugiu após ser resgatado na saída de uma audiência de custódia, em 2018. Segundo a corporação, B.R.M.A. chefiava uma quadrilha de tráfico e homicídios envolvida em uma disputa que deixou 121 mortos, em dois anos, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

A captura de B.R.M.A. ocorreu no sábado (1º), mas foi divulgada nesta segunda (3). A operação ocorreu na cidade de São José de Mipibu, na Grande Natal (RN), onde ele morava com oito filhos e a mulher.

A quadrilha atuava principalmente em de Vista Alegre, Vila Rica e Santo Aleixo, em Jaboatão. “Essa guerra promovida por ele nos causou 121 mortes nestas localidades. Ele comandava bem de frente o tráfico de drogas na comunidade, aliciava menores e ameaçava pessoas, dizendo até que cortaria cabeças”, declarou o delegado Cláudio Neto, em entrevista coletiva.

O nome de B.R.M.A. ficou conhecido em junho de 2018, quando ele foi alvo de um resgate realizado pela quadrilha. O homem cumpria pena da Penitenciária Professor Barreto Campelo, em Itamaracá, no Grande Recife, e fugiu em uma ação comandada por quatro homens, no Sítio Histórico de Igarassu, na mesma região.

A viatura em que ele estava foi interceptada pelos criminosos, que renderam os dois agentes penitenciários responsáveis pela escolta. Na época, a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), informou que ele cumpria pena por homicídio e tinha participado de uma audiência no Fórum de Jaboatão.

Desde a fuga, a polícia passou a procurar BR.M.A. Ações foram realizadas em Pernambuco, Paraíba e no Rio Grande do Norte. Na sexta-feira (31), após 40 dias de apuração, uma equipe esteve em São José de Mipibu e localizou a residência do homem.

Segundo o delegado Cláudio neto, foi preciso esperar a melhor oportunidade para fazer a abordagem, ocorrida na manhã do sábado. “Na quinta vez em que ele saiu de carro com um filho e a mulher, a gente fez a abordagem, no Centro da cidade”, informou.

Na ação, segundo a polícia, as equipes da Divisão de Homicídios Metropolitana Sul cumpriram mandados de prisão preventiva expedidos contra o alvo.

“Ele passou por diversos municípios de vários estados do Nordeste. Muito esperto e com extrema inteligência, ele conseguia fazer essas ações”, comentou o policial.

Depois da captura o preso foi levado para a Divisão Sul de Homicídios e, em seguida, encaminhado para o Centro de Observação e Triagem Criminológica Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife.

 

G1 PE