Fernando de Noronha tem maior índice proporcional de Covid-19 no Brasil

Único hospital da ilha não tem leitos de UTI

Fernando de Noronha tem maior índice proporcional de Covid-19 no Brasil
Ana Clara Marinho/TV Globo/Noronha já registrou 26 casos do novo coronavírus

aeroporto sempre foi o local de entrada da "riqueza" de Fernando de Noronha: os turistas, que traziam os recursos para alimentar a economia local. Mas foi também a porta de entrada para o novo coronavírus.

Com cerca de 3,3 mil habitantes, 26 pacientes tiveram o exame positivo para a doença, até o sábado (18). Proporcionalmente, o arquipélago é o local com uma das maiores incidências de casos confirmados da Covid-19. Por isso, a partir de segunda-feira (20), Fernando de Noronha está sob quarentena, decretada pelo governo do estado.

De acordo com o superintende de Saúde da Administração da Ilha, Fernando Magalhães, uma investigação indicou o aeroporto como foco da Covid-19.

“Nós podemos afirmar, com o inquérito epidemiológico, que a contaminação foi no aeroporto. Isso ocorreu no momento de entrada ou saída de algum turista. O fluxo no local era grande, num espaço concentrado. A contaminação está comprovada”, afirmou.

Os infectados, até o sábado (18), são 16 homens e dez mulheres, com idades entre 25 e 59 anos. Grande parte dos pacientes trabalha ou tem parentes no aeroporto.

https://agorarn.com.br/