Médico que reanimou paciente com covid-19 morre em Natal aos 63 anos

Médico que reanimou paciente com covid-19 morre em Natal aos 63 anos
Foto: Rede Social

Médico plantonista do Hospital Santa Catarina, em Natal, Solón Lopes sucumbiu ao novo coronavírus. Não resistiu aos sintomas da covid-19. No dia 2 de julho completaria 64 anos.

Paraibano de nascimento, formou-se em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em 1985. Deixa a esposa, Telma Rodrigues, e uma filha criança.

No Facebook, o sobrinho Urias Eliezer escreveu:

 Nossos heróis não usam “Máscaras”!

Faleceu hoje de COVID um herói:

Solon Pereira Lopes Ferreira, era meu tio materno.

Além de medicina de tráfego, era emergencista há décadas em Natal num hospital público.

Trabalhava na sala vermelha, e diante de um paciente com COVID reanimou e intubou sem pestanejar.

Precisou Retirar a faceshield para enxergar melhor, utilizando apenas uma máscara cirúrgica, no intuito de ser ágil e tentar salvar a vida do paciente em estado crítico. Paciente que veio a falecer de Covid dias depois.

Ele morreu por dar vazão a vocação de tentar salvar uma vida!

Num país q heróis são jogadores de futebol e integrantes do BBB.

Nossos verdadeiros heróis não usam “máscaras”. Eles se expõem para salvar outras vidas.

Oremos pelos médicos, e por todos os envolvidos na área de saúde.

Fonte: Eliana Lima/TPN